S.Alberti Design

Projetos Web / Direção de Arte / Design de Interação

Projeto Pessoal – “A Conquista da Responsabilidade” 29/09/2008

ilustra_superacao

TORNE-SE QUEM VOCÊ NASCEU PARA SER.

“O exílio auto-imposto é um tema recorrente na Mitologia, mas também é parte da história americana, como na épica história de Theodore Roosevelt.

Roosevelt foi para o Oeste americano depois que uma tragédia particular arruinou suas ambições políticas: sua esposa e sua mãe morreram no mesmo dia, 14 de fevereiro de 1884. Ele ficou arrasado, foi quando escreveu em seu diário:

– A luz saiu da minha vida…

Roosevelt buscou refúgio nas terras áridas do Oeste bravio, pondo-se à prova no deserto, onde a natureza exterior quanto a interior e o modo como ele as combateu constituiu o seu maior inimigo. Quando sua tristeza diminuiu, Roosevelt dedicou-se ao rancho. Mas em seus próprios termos. Ele vestia uma cara roupa de couro e suas pistolas e fivelas eram da Tiffany. Os caubóis chamavam-no de “Quatro Olhos” e achavam que ele não passava de mais um tôlo do Leste. Também zombavam de sua peculiar dicção de homem bem-nascido; para risada geral, uma vez ouviram-no gritar: – Apressai-vos a vir aqui!, o que sem dúvida soou esquisito quanto soa hoje. Ele cavalgava sem destaque e atirava mal.

Mas ele se esforçava mais que os outros. Sua coragem e perseverança lentamente conquistaram o respeito dos caubóis. Acima de tudo, ele aprendeu como as pessoas comuns vivem, uma lição que lhe foi muito útil como presidente. Isso o transformou de um pedante da Costa-Leste em um homem do povo, que compreendia a imensa variedade de pessoas daquele país. E Roosevelt não teria sido presidente dos EUA se ele não tivesse suportado muitas provações que se interpunham entre ele e o papel que lhe cabia.

Em nossos sonhos, aspiramos a ser como Roosevelt, a pessoa que volta e reivindica seu país, sua terra, seu povo, seu mundo.”

(Trecho traduzido dos extras do DVD “O Senhor dos Anéis, O Retorno do Rei”).